Home » Fiscal » Randon atesta os ganhos de performance com a implantação de SAP TDF
Randon atesta os ganhos de performance com a implantação de SAP TDF


AGOSTO
21
2017

Em: Fiscal e SOFICOM
Randon atesta os ganhos de performance com a implantação de SAP TDF

A plataforma para geração de obrigações fiscais TDF – Tax Declaration Framework, desenvolvida pela SAP em sua operação local de inovação – SAP Labs em São Leopoldo/RS, e lançada em meados de 2014, foi recebida pela Randon como a melhor alternativa para atender o grande volume de demandas fiscais, não mais comportadas pelo SAP ECC, devido ao alto volume de processamento necessário.

Para viabilizar o projeto da plataforma TDF feita para operar exclusivamente sobre o banco de dados HANA, não utilizado pela Randon até então, a aquisição de hosting com a SAP se provou necessária e viável, afim de possibilitar que as informações provindas do ERP SAP ECC fossem processadas em TDF, e os ganhos de performance pretendidos com a implementação da ferramenta fossem atingidos.

O projeto iniciado logo após o lançamento do SAP TDF se mostrou ousado, especialmente porque apesar da promessa e do grande potencial de entregas da ferramenta, haviam riscos e incertezas relacionados ao porte do projeto, tempo de desenvolvimento e estabilidade da plataforma.

No entanto, após sucessivos GO LIVES parciais o projeto se mostrou um sucesso de implementação, o que pode ser facilmente percebido pelos resultados e ganhos divulgados com sua finalização.

Ganho de Velocidade

A geração de obrigações fiscais acessórias teve ganhos de velocidade significativos. O Sped Contábil (ECD) mensal era processado em 12h, com apenas um processo em execução. Com a implementação do SAP TDF, hoje leva-se 30 minutos, com execuções ocorrendo em paralelo. Conclui-se que houve uma redução de 144 horas para 30 minutos.

O mesmo se repete com obrigações como Sped EFD Contribuições e Sped Fiscal – EFD ICMS/IPI, que passaram de 10 horas de processamento, para 10 minutos. O ganho resultante permite que possíveis auditorias e correções sejam feitas em tempo hábil, minimizando erros fiscais.

Compliance Fiscal

A determinação de IVA’s (Código de Determinação de Impostos em MM SAP) trouxe automação ao setor de compras, reduzindo o peso de decisões que recaem sobre a área fiscal, resultando em menos erros, maior controle tributário, até consequente redução de encargos fiscais.

A automação e gerenciamento das gerações de guias de ICMS ST(GNRE) e dos pagamentos de impostos dentro do SAP (DARF’s, GPS’s, GNRE’s, etc) através de solução própria da Pelissari – o SOFICOM, eliminou o processo manual para inserção de guias de nota fiscal em sistema, substituindo por guias geradas no ambiente SAP trouxe seguridade às apurações realizadas pelo fiscal, evitando pagamentos em duplicidade, também atrasos e proteção contra possíveis fraudes.

Ganhos além da eficiência operacional

Um setor fiscal eficiente traz ganhos significativos a operação, através da otimização de processos fiscais, eficiência operacional, à tomada de decisões mais assertivas, reduzindo a incidência de erros que podem fazer com que os esforços de gerar receita escoem pelas mãos.

No entanto, os ganhos prometidos pela SAP com TDF, entregues e comprovados pela Randon são especialmente percebidos em termos financeiros. Mesmo sem abrir os números oficiais, ao avaliar a complexidade de operações que a gigante brasileira com faturamento em R$ 6,620 bilhões tem de gerir, deixa claro que estar passível de erros fiscais não é uma opção.

Com 11 blocos implementados, num projeto pioneiro no Brasil, a Randon atesta os ganhos do SAP Tax Declaration Framework, com um repositório único de informações em tempo real potencializando a capacidade analítica, também facilitando processos com agilidade e alta performance sem deixar de lado a inovação que levada a operação.



 
Compartilhar

VER TODAS NOTÍCIAS >